sábado, 30 de maio de 2015

Mãe que dirige (eu consegui)



Hoje vou falar de uma experiência bem legal que acontecido nesses dias comigo.

Após 10 anos habilitada, eu estou dirigindo. Ebaaaa....

Por anos eu vivi frustada por não dirigir. 

Dirigir sempre foi um sonho, aliás a independência sempre fui o que almejei, mas em diversas áreas da minha vida eu vivi na dependência e dirigir também era.

Eu tinha medo, muito medo. Tanto que os anos se passaram e eu nem percebi.

Vi muita gente tirando habilitação e dirigindo e eu com a minha carteira só de enfeite.
Frustração era o que eu sentia.

Sabe o que é pior? Não dá pra culpar ninguém. Não dá pra dizer: me ajuda! (eu disse muitas vezes). Ninguém pode te ajudar, se o que depende é uma decisão. E ela é sua!

Quantas vezes meu marido dizia: Quer levar o carro?

A resposta era sempre a mesma: Hoje não!

Meus pensamentos gritavam: Hoje não, mas quando será?

Cheguei a pensar em desistir, jogar a toalha e dizer: não consigo!

Não deu, a necessidade, a vontade, o sonho. Não sou de desistir, vou até o fim.

Dirigir iria ser a última coisa que eu faria na vida, mas eu ia conseguir! Não foi para tanto, rs... Com 31 anos eu pedi ao meu marido de presente de dia das mães, aulas de direção no dirigir sem medo e ganhei!

Estou no caminho, fiz trajetos que nunca pensei que faria, peguei engarrafamento e já até peguei o meu carro para fazer um caminho que julgava difícil.

Estou feliz! Ainda estou fazendo as aulas, mas já conto como vitória porque sei como avancei dentro de mim.

Dirigir eu sempre soube, não tenho a prática e sentia muito medo.

O medo passou? Não! Ainda o tenho e ainda tenho muita vontade de me boicotar, mas estou consciente e decidida do que quero e onde pretendo chegar. 

Sendo assim, pronto, venci!

Obrigada meu Deus!

Para a explicação do que mudou dentro de mim, vou dizer que houve um milagre! Sim, houve! Toda vez que eu suplicava a Deus por ajuda, Ele me mandava ajuda, mas eu não percebia, até que uma injeção de coragem tinha me dominado e foi quando tudo mudou! 

A oração foi a ajuda que precisava. Eu orei e Deus me atendeu!

Fica aqui meu depoimento e também deixo meu conselho: Orem! Clamem! Levem a sério a oração simples. Um simples: ´"Senhor ajuda-me!" Já é suficiente. 

Se relacionem com Deus! Coloquem seus problemas junto Dele. Ninguém melhor do que seu Criador para saber como fazer as mudanças necessárias em você. 

Após a oração, faça sua parte! Busque ajuda, se coloque, tente e confie! 

Eu incentivo a todos que tem medo de dirigir orar e buscar ajuda. 

É muito bom dirigir, é muito bom realizar sonhos!

Fiquem na Paz!

Carol

sábado, 2 de maio de 2015

Como eliminar agrotóxicos dos vegetais (eu não fazia assim)




Descobri o jeito simples e certo de limpar os vegetais.

Confesso que não fazia assim, deixava por um período na água com vinagre e nem mesmo marcava o tempo.
Achei importante repassar porque muita gente, como eu faz errado e com a saúde, principalmente dos pequenos não se brinca.

Achei no blog: A cura pela natureza, a propósito o blog é bem legal e merece receber visitas.

Quanto a limpeza é simples mas tem algumas etapas

Passo 1:

Coloque os vegetais em uma bacia com água limpa e deixe-os nessa água por cinco minutos (esta é a primeira lavagem).

Passo 2:

Transfira os vegetais para uma bacia com água bicarbonato de sódio - 1 colher (sopa) para cada litro de água. 

Deixe-os 40 minutos nesta bacia com água e bicarbonato.

Esta é etapa mais importante, pois, segundo o professor, o bicarbonato remove até 90% dos agrotóxicos.

Passo 3:

Coloque os vegetais de novo numa bacia com água durante cinco minutos.

Isto é necessário porque, se o bicarbonato entrar em contato com vinagre, haverá uma reação e perderá o efeito.

Passo 4:

Ponha os vegetais numa bacia com água e vinagre - 1 colher (sopa) para cada litro de água.

São necessários 40 minutos nesta última etapa para haver a remoção dos agrotóxicos não eliminados pelo bicarbonato.



Legal né?  Você já sabia disso? Porque não me contou!? rs...

Beijos