sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Desabafo: um drama para o desmame.



O processo de desmame tem sido difícil para mim.
Um lado eu já me sinto muito cansada de ser "chupeta" quase o dia todo, mas por outro morro de pena de tirar assim sorrateiramente.
O fato de ficar o dia inteiro comigo nos prejudica nesse ponto, porque ela não quer se desligar do peito e eu fico saturada.
Meus afazeres do trabalho e de casa sempre ficam cortados, sempre paro no meio de tudo que me proponho a fazer, porque sempre ela quer mamar, aliás ela não pode me ver, que ela quer mamar. Isso é realmente cansativo.
Por vezes tentei parar usando própolis no seio e ela rejeitou de cara, mas quando chega a noite eu amoleço e acabo lavando e oferecendo para ela dormir.
Sinto que não é certo voltar atrás, mas faço mais por mim do que por ela.
Há em mim uma parte que quer muito parar de amamentar e outra que ainda a vê como um bebê que precisa tanto de mamar. (sei que ela não precisa para o físico, mas talvez para o psicológico. Será?)
De fato ela não chora e não parece sofrer quando decido passar o própolis, aliás ela ficou tranquila, achava engraçado, mas eu sofri.
Gostaria mesmo é que um dia ela rejeitasse por ela mesmo, acho que sofreria menos.

Um desabafo de mãe.

Prossigo na minha luta!

Dou notícias!!

Você tem uma história para me ajudar?

(Beatriz fará 2 anos dia 17/02/16)

Nenhum comentário:

Postar um comentário